BRASIL
CFBM
Portal da Transparência

08/06/18

FCRAS – DF se reúne com Senador para discutir EAD na Saúde

Fórum entregou a Cristovam Buarque documento com posicionamento contrário à autorização de cursos de graduação na área da saúde ministrados exclusivamente na modalidade de ensino a distância (EAD) e pediu apoio para alteração da Lei

O Fórum Regional dos Conselhos Profissionais da Área da Saúde do Distrito Federal (FCRAS-DF) se reuniu na quinta-feira com o senador Cristovam Buarque (PPS-DF). Os integrantes do Fórum entregaram ao parlamentar documento solicitando apoio na luta contra o ensino exclusivamente na modalidade a distância para cursos relacionados à área de saúde e pediram apoio ao Projeto de Lei nº 5.414 de 2016, que altera o artigo 80 da Lei nº 9.394 de 1996 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

Conforme a representante do Conselho Regional de Biomedicina - 3ª Região (CRBM-3), Nayana Cambraia, os Conselhos defendem que o aprendizado das habilidades necessárias ao exercício das profissões da saúde não se mostra viável na graduação na modalidade à distância. A justificativa consta no documento entregue onde se destaca que o conhecimento é inseparável da experiência prática supervisionada, de maneira orientada e progressiva, que ocorre a partir da relação direta entre professor e aluno, estágios obrigatórios, experiências práticas em laboratórios, e capacitação à assistência e ao atendimento presencial ao paciente.

“A formação destes profissionais pressupõe o desenvolvimento de habilidades e competências que são incompatíveis com a formação exclusivamente à distância, por relacionar-se com a preservação da vida, da saúde e do bem-estar das pessoas”, destacou Nayara. A delegada acrescenta que não se trata de barrar a tecnologia e sim, como órgão fiscalizador das nossas profissões, no caso a Biomedicina, primar pela formação dos nossos especialistas.

Compõem o Fórum os Conselhos Regionais de Biomedicina, Biologia, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina Veterinária e Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Nutricionistas, Odontologia e Psicologia, com jurisdição no Distrito Federal. Durante o encontro, também ficou deliberada a realização de nova audiência pública sobre o assunto. Recentemente, foi debatido em audiência pública na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara Federal, em Brasília (DF), e ainda nos estados de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais entre outros.

Os Fóruns Regionais de Conselhos Profissionais das Áreas de Saúde têm sido organizados em todo o País, estando já atuantes nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rondônia, Distrito Federal. Especificamente sobre o EAD nas áreas da saúde contam com apoio do Conselho Nacional de Saúde (CNS).  (Imprensa CRBM-3)

Na foto: Danilo Mantovani (CRF05); Gilney Guerra Medeiros (COREN-DF); Nicole Christine Silva (CREF-DF); Marcos Wesley Sousa (COREN-DF); senador Cristovam Buarque; Nayana Cambraia (CRBM-3); Raquel Botelho Assunção (CRN 1) e Lauro César de Moraes (COFEN).
 

Outras Notícias